Tags

,

“quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo…” (Mateus 20:26)
“Mas quem ama a Deus, este é conhecido por Deus”. (1 Coríntios 8.)

Muito se fala do apóstolo Paulo, de sua vida de renúncia e sacrifícios, de como Deus o chamou e de como sua jornada de fé tem efeito em nós até hoje. Se tinha algo que significava muito na época, era a tal da mudança de nome.

Paulo antes de ser Paulo era Saulo. Saulo é um nome hebraico que deriva de Saul e quer dizer “o desejado, o solicitado”.

E quando Deus o encontra, e começa o processo de transformação em sua vida, seu nome passa a ser Paulo, que significa “pequeno”

Só alguém que tem noção da sua pequenez pode dizer isso:

“Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos. Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros.” (Filipenses 2:3,4)

…e isso:

“Cristo Jesus veio ao mundo para salvar pecadores, dos quais eu sou o pior” (1 Timóteo 1.15)

Eu não sei em que uma pessoa se inspira pra escrever algo do tipo “Quem te viu passar na prova, e não te ajudou… Quando ver você na benção vai se arrepender, vai estar entre a platéia, e você no palco, vai olhar e ver Jesus brilhando em você”

Ahn? Palco? Jesus brilhando? Onde? Como? Ahn?!?!?!

Que tipo de “sucesso” é esse que as pessoas profetizam, cantam, falam, compõem, blogam, que não é o que eu leio na Bíblia? Platéia agora é lugar de fracasso? E palco é o numero 1 do pódium da benção?

Então porque será que Jesus mudou o nome de Saulo, o desejado, o do “palco”, para Paulo, o “pequeno”, e quem sabe, o anônimo, o da “platéia”?

Queridos, a minha intenção aqui não é expor ninguém, nem falar mal de determinado cantor, mas esse foi só um exemplo mesmo de como algumas “ondas” batem contra o que Jesus nos deixou pra seguir.

Por favor jovem, por favor geração, seja diferente. Por amor a Deus, e a você mesmo, devore a Palavra. Não saia por aí cantando, reblogando, retwitando, e vendendo peixe de idéia que não condiz com a Palavra de Deus. Algumas verdades podem até ser verdades pra alguns. Porque pra ser verdade, basta você acreditar e viver aquilo. Mas verdade que liberta só tem uma, e ela não é relativa.

“Vá pra algum lugar que Deus te mandar e morra, se preciso, pregando o Evangelho. E só Deus e o inferno vão saber seu nome.” (Paul Washer)

Lenara
Não Morda A Maçã