Tags

, , , , ,

“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle, e, o mais, Ele fará.” (Sl.37:5)

Esperar é o verbo mais difícil de conjugar para mim. Sou decidida demais, capaz demais, auto-suficiente demais. Frutos de anos em que foi preciso “me virar”. Não sei esperar pelo outro, não sei ter decisões que envolvem a minha vida nas mãos de outros, não sei depender.

É óbvio que não sou capaz, não me basto, e que tenho muito mais dúvidas que certezas no meu coração. Mas meu impostor me engana, e muitas vezes me faz acreditar nessa falsa imagem que eu criei para me defender do mundo.

Foi uma sede imensurável pela intimidade do Rei que abriu a porta do meu coração para que o Espírito Santo me mostrasse o quão deformada era minha personalidade. Não é bonito de se ver, nem de dizer. Não sinto orgulho. Pelo contrário. Arrependo-me, e espero que o Oleiro retire todas as imperfeições desse vaso torto.

Não posso negar que existem momentos em que parece que nunca vai ter um fim. O Espírito Santo continua me desmascarando incessantemente, e eu só consigo pensar no quão miserável eu sou, no quanto ainda O entristeço com minhas deformidades, com meu conformismo, no quanto ainda estou longe de agradá-Lo, de honrá-Lo com quem eu sou. Será que um dia poderei fazê-Lo?

Lembrando-me da ministração da Helena, tem tanto de Lúcifer ainda aqui, vivo dentro de mim. E mais uma vez, o constrangimento provocado pelo Amor que não desiste me consome.

É tão difícil esperar, quando o nosso coração ferve, quando nossos pés desejam ir, quando nada mais faz sentido ao seu redor. É tão difícil esperar quando suas expectativas já se foram, e seus olhos já não brilham mais como antes. Mas eu sei que é isso que Ele quer que eu aprenda.

Ele quer me ensinar a ter esperança quando não houver o que esperar, a confiar quando não existirem expectativas, a continuar caminhando quando não souber para onde estou indo, a entregar tudo quando não existir mais nada.

Confesso que não tem sido fácil, e não tenho idéia de onde vou parar, se vou parar. Não tenho idéias dos propósitos de Deus, não sei se o sonho do meu coração vai se cumprir, não sei quais são os planos d’Ele para mim, só sei que as minhas estruturas estão indo embora, posso sentir elas sendo arrancadas de mim. Tudo o que sou já se foi.

“E enche-me até que em mim se ache só a Ti…”

Vejo mais uma vez Ele cumprir primeiro em mim o que Ele te colocado no meu coração para ministrar para outras pessoas. E a minha única certeza e esperança é que Ele, o perfeito, não irá parar até completar a obra que começou. Ele não perde o entusiasmo, e sei que enquanto eu não estiver pronta, Ele não se dará por satisfeito.

“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos,
nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR.” (Is. 55.8.)

Ele tem mais para mim…Tem muito mais do que me usar como eu desejo ser usada, Ele tem um milagre para realizar em mim, na minha personalidade falha, no meu caráter deformado, nos meus desejos egoístas, no meu eu que deseja ser honrado, na minha mais absoluta miséria Ele vai operar.

Ele poderia me usar apenas como uma “jumenta”, mas eu sei que Ele deseja a minha companhia, Ele me ama, e a eternidade é tempo demais para ficarmos separados.

Quero te encorajar querido, você que está no barco, não sabe operar a bússola, e sente o vento soprar. Sabe que está em alto mar, sabe que não pode simplesmente voltar, e não sabe como continuar. Você que sente a solidão dilacerar seu coração já cansado e ferido, e duvida de que vai realmente conseguir.

Se aquiete amado, o Mestre está no barco. Ele vai acalmar a tempestade, e vai tomar o controle da situação, mesmo que você não saiba o que isso significa. As águas irão se acalmar, e você vai sentir o doce perfume da presença do Amado. Confie, adore e espere! O milagre está na espera!

“Quando estou só
E o choro parece querer chegar
E um sentimento de temor
Como será o amanhã que eu não vejo
E quer me assustar?
Oh, meu Deus! Ajuda-me a confiar

Quando os sonhos se frustram
Ou parecem não se realizar
Quando as forças se acabam
Tudo o que eu sei é Te adorar

Quando as feridas
Do meu coração não querem sarar
E me atrapalham a visão
Tuas promessas são tão grandes
E as lutas querem me esmagar
Oh, meu Deus! Ajuda-me a avançar

Quando os sonhos se frustram
Ou parecem não se realizar
Quando as forças se acabam
Tudo o que eu sei é Te adorar

Tua presença me aquieta a alma
E me faz ninar
Como um bebê que não precisa se preocupar
A minha vida escondida em tuas mãos está
Oh, meu Deus! Em Ti eu posso descansar

A esperança renasce
E a certeza de que perto estás
Tua paz me invade
Pois tudo o que sei é Te adorar

É Te adorar…”