Depois que cheguei de Brasília precisei procurar o significado da palavra Excelência e descobri que além de significar superioridade de qualidade e especialidade, também é sinônimo de primazia. PRIMAZIA!

Participei pela primeira vez da Conferência de Mulheres Transformação Extrema, e não poderia deixar de escrever aqui sobre o que mais me impactou ali.

A excelência no servir, mais do que apenas a excelência pelo fazer e oferecer o melhor, entendi enfim que a verdadeira excelência envolve a alegria em servir o melhor, da melhor forma, envolve o amor dedicado aos detalhes, o comprometimento, a disponibilidade total.

Cheguei a comentar que pensei que sabia o que era excelência. Não sabia. Era uma ignorante! Não é a perfeição que gera a excelência, é o amor. Um amor comprometido, entregue, disponível! E apenas em Jesus alcançamos este amor, que nós mesmos não podemos produzir!

É lindo ver nos olhos daqueles homens e mulheres que nos receberam ali a alegria genuína que apenas um coração servil pode ter! Desde a chegada ao hotel, o carinho da Comunidade da Fé, a delicadeza com os presentes de boas vindas! Uma lindeza! E ainda que eu use todo meu pobre vocabulario, não faria justiça ao carinho e honra que recebi ali.

Espiritualmente nos sentamos em uma mesa farta, nos deliciamos, dançamos e celebramos na presença latente do REI! A sensação que eu tinha era que Deus estava se movendo entre nós mesmo nos bastidores, e enquanto aguardávamos pelo inicio do culto.

Não dá para dizer tudo o que aconteceu ali, as experiências, e o quanto fui impactada pelas palavras ministradas pelas Pastoras e pelo Pastor Fadi Faraj, as ministrações do ministério de louvor da igreja, Ministério Ipiranga, e SalPraise. O que aconteceu ali só a eternidade vai dizer!

Gratidão! Pela infinita bondade de Deus em não me negar Sua doce presença! Gratidão por ELE me lembrar que eu não sou nada, e que ELE  é tudo que preciso! Só ELE é! Meu Rei, meu amor, meu Pai! Dono do meu coração, alvo da minha paixão, minha busca desesperada, o Amado da minha alma, meu desejado, meu tesouro, meu bem maior!

“Quero me entregar, eu quero me humilhar diante dos Teus pés
Quero me derramar, eu quero Te ofertar o que em mim há de melhor

Não quero mais viver pra mim, quero que haja mais de Ti
Eu quero agradar Teu coração com a minha adoração

Vem me sondar com Teu poder
Com Tua luz me fazer ver quem realmente sou
O quanto eu preciso de ti Senhor!

Eu sou teu vaso e Tu és o Oleiro,
Me rendo e me deixo moldar
Apenas um vaso nas mãos do Oleiro

Eu desço, me rendo, me entrego, usa-me Senhor
Eu desço, me rendo, me entrego, molda-me Senhor!

Como um vaso em tuas mãos quero ser segundo o Teu coração!”