Ei…quanto tempo que não escrevo aqui. Mesmo não escrevendo porque estou vivendo um momento mais silencioso, tenho visitado e sido ministrada através do que escrevi aqui neste último ano. Os textos e comentários de quem percorre o mesmo caminho que eu tem enchido meu coração de esperança sobre um futuro frutífero.

Já fazem dois anos que Deus me disse: “Sai-te da tua terra para a terra que eu te mostrarei.” E até parece que foi ontem! Cara, nesses últimos meses como tenho sentido saudade.

Os sentimentos de inutilidade no Reino, de incapacidade, de falta de propósito gritam dentro de mim. É desesperador!!!

Eu sou uma colaboradora em alguns ministérios, e o sou com a alegria e convicção de quem recebeu uma missão! Na verdade, eu nunca estive parada. Mas sinto falta sabe? Sinto falta de caminhar com pessoas, sinto falta de tocar gente, sinto falta de segurar no outro lado da sacola, de ser uma mão, uma voz, um abraço, um sorriso ou um silêncio. Sinto falta de ouvir. Sinto falta da sensação de me gastar por algo maior que eu, maior que qualquer coisa que eu possa produzir!

E eu tenho medo. Tenho medo de que no futuro, eu olhe para trás e todos os meus sonhos tenham se perdido na caminhada. Tenho medo de não ser útil, de ser apenas uma parte da burocracia do sistema. Eu tenho medo de me acomodar, de deixar de sentir meu coração pulsar, tenho medo de perder o foco, de perder o olhar de Jesus.

Eu sei que não existem trabalhos menores na grande engrenagem que expande o Reino. Racionalmente eu sei. Mas no meu peito, arde uma chama que incendeia meu coração! E é difícil demais esperar quando olho para o quadro da minha vida e a única coisa que vejo é um borrão ainda informe.

Eu não quero gastar a minha vida com o que é material, com trabalho, com diversões, com aquilo que passa. E você pode até pensar que só é um desejo, e não é! Isso me consome, todos os dias, todos os dias! É por esse desejo que meu coração dispara! Mas muitas vezes me pergunto: Será arrogância querer acreditar de que existe algo maior para ser feito? Eu sou tão criança ainda, tão pequena.

Me sinto sozinha em meio aos meus questionamentos, e me pergunto se minha insatisfação é mesmo fruto do meu inconformismo ou não passa de uma ingratidão barata se fantasiando de nobreza. E me pergunto também, o que eu faço com essa sensação de que está tudo incompleto, de que está tudo errado, de que poderia ter feito mais?

Ontem enquanto seguíamos para a igreja, eu observava o sol se ponto, e o Espírito Santo ministrou meu coração sobre minha ansiedade, sobre minha insistência em olhar o futuro ao invés de viver o HOJE, absorver o que está me sendo oferecido HOJE, fazer o meu melhor HOJE, servir HOJE como se fosse minha última oportunidade, sem pensar no amanhã.

O Espírito Santo foi tão doce que me sinto constrangida. Sabe quando sua voz se torna quase um sussurro? Eu estava tão sensível, e eu soube que Ele sabia como eu me sentia.

Não posso dizer que estou cheia de coragem e ousadia, porque não estou. Mas estou rendida, resignada. E é assim que desejo estar, buscando o contentamento em esperar! Buscando o contentamento em entregar meu sonho quase infantil de mudar o mundo, de alcançar os marginalizados, de ter minha casa cheia de crianças retiradas das ruas.

Eu sei que Ele está me preparando, e ainda que não seja para cumprir os desejos do meu coração aqui na Terra, sei que Ele me prepara para cumprir o desejo do Seu coração na eternidade!

Termino com a canção que tem embalado meu coração, no fundo eu sei que é isso que ELE quer de mim. Ser meu TUDO. O meu HOJE não me basta, mas NELE eu sou completa, NELE meu hoje é mais que abundante, NELE estão todas as coisas. E essa é a minha oração HOJE e SEMPRE.

“O Reino NUNCA será mais importante que o REI!”

“Rendered speechless by Your beauty
Lord, I’m blown away
With everything that’s in my heart
A million words could never say all there is to say

You’re more than just a song
You’re more than just a whim
You’re more than just a passing fantasy
You’re my Everyday
You’re my Every Way
You’re my Everything

If I could see forever
In just one moment I would say
These todays are worth tomorrow
When I will see You face to face

I want to be with You
I need to be with You
I long to be with You, precious King
So with every day, Lord, in every way
You’re my Everything

You’re my Everything

You’re my Everyday
You’re my Every Way
You’re my Everything”