Amados,

Nesse final de semana fui confrontada duramente em uma ministração e quero dividir com vocês o que ouvi do Pai.

Há mais de vinte anos temos escutado que o Brasil é um grande celeiro missionário, que alcançaríamos o mundo e que o avivamento final teria início na nossa nação, e com o passar dos anos temos visto a igreja brasileira crescer como nunca antes, mas na medida que crescemos nos distanciamos do propósito e esse é o tema da ministração do Pastor Mário Freitas.

PORQUE O BRASIL AINDA É APENAS UMA PROMESSA MISSIONÁRIA?

ICONIZAÇÃO
A igreja brasileira é essencialmente uma igreja idólatra, ela está firmada em ídolos humanos. É uma igreja que antes de ir para o culto, se informa sobre QUEM é que vai pregar, é uma igreja que vai até um culto só para tirar uma foto, é uma igreja que pede autógrafo em Bíblia, que compra toalhinhas ungidas porque prioriza O HOMEM e não Deus.

ESTRATETIZAÇÃO
Nós como igreja estamos vivendo em função de métodos, idolatrando estratégias, e deixamos de depender da atuação de Deus, da ação sobrenatural do Espírito Santo. Nós dividimos a igreja por causa da estratégia, nós brigamos por causa da estratégia porque ela se tornou mais importante do que a essência do EVANGELHO.

DISTRAÇÃO
Nós nos distraímos entrando em guerras que não são nossas, gastamos nosso tempo com águas que passam. Nós gastamos nosso tempo falando dos pastores em blogs, nós gastamos nosso tempo crucificando quem peca, nós gastando nosso tempo fazendo linchamento moral, nós gastamos nosso tempo discutindo e escrevendo sobre predestinação, nós perdemos tempo com partidarismos, nós gastamos nosso tempo discutindo sobre o que vai acontecer no futuro e perdemos o foco na missão da igreja: A GRANDE COMISSÃO.

BANALIZAÇÃO
Nós deixamos de beber da água da vida e trocamos nossos momentos de oração por ENTRETENIMENTO, nós trocamos a Bíblia por livros, nós passamos a ser relapsos no mais básico, nos pontos cruciais que nos sustentam na nossa caminhada cristã. Grande parte dos nossos pastores lê a Bíblia apenas para produzir sermões, quando não faz isso com base em livros, mas a palavra de Deus já não é mais o seu alimento diário.

Enquanto nós não nos arrependermos, não deixaremos de ser apenas uma promessa. Enquanto não chorarmos e molharmos o chão com a nossa miséria, o avivamento não virá.
Historicamente todo avivamento foi precedido por um mover de arrependimento da igreja, e antecedeu um grande movimento missionário da igreja, porque essa é a sequencia: Arrependimento gera o avivamento, e o avivamento gera missões.

A essência da missão é a compaixão pelos povos não alcançados, mas não tem como sentir compaixão com o coração longe do Pai, e não seremos uma igreja que sente misericórdia e compaixão enquanto não nos arrependermos dos nossos maus caminhos e chorarmos.

Nós precisamos nos arrepender!

Resolvi transcrever essa ministração para aqueles que como eu foram impactados pela vida dos missionários egípcios que conhecemos no ano passado, porque talvez a sua luta seja a mesma que a minha, uma luta para não me esquecer e não deixar que a chama se apague no meu coração.

A realidade da igreja perseguida é brutal, e eu acredito com todo o meu coração que o Brasil é sim um ponto estratégico no cumprimento da missão que Jesus nos deu, e apesar de ouvirmos tantas promessas sobre o Brasil, nós estamos tão enredados por tantas outras coisas e continuamos sendo apenas uma promessa.

É o nosso arrependimento genuíno que vai gerar o avivamento que esperamos!
Arrependa-se enquanto é tempo!
Arrependa-se e chame outros ao arrependimento em amor!
Arrependa-se e chore pelo Brasil!
Arrependa-se e chore pela igreja brasileira!
Arrependa-se e chore por você e pela sua família!
Irmãos, chegou o tempo de gerarmos em lágrimas aquilo que o Senhor quer fazer em nós e através de nós, de respondermos ao seu AMOR tão precioso por nós!

Que a queda de todo farisaísmo, de toda religiosidade superficial, que a queda de toda banalização do evangelho de Jesus, que a queda de toda a corrupção que desejo ver no Brasil e na igreja brasileira comece na minha casa, pela minha família e em meu coração!